Top 70 de 2013 – Parte 2 (55-41)

E estou de volta com a 2° parte do top 2013, com mais 15 faixas sendo eliminadas até o bop icônico que salvou meu ano. Quantas bsides teremos? Quantas faixas do 9Muses rodarão? Por que eu não sei fazer intro decente? Veremos abaixo

55 – VIXX – On And On

9698cc2df400c9c9e6de32fb098f870f6251bcec_hq

2013 foi um ótimo ano pro VIXX: acharam um conceito que combinasse com eles, ganharam notoriedade, 1st win, essas coisas todas que dão status pra rookies. E mesmo que alguns dos singles deles sejam apreciados por mim unicamente por biasismo, ainda tem faixas ótimas lançadas por eles 4 anos atrás, feito On And On. Esse refrão é maravilhoso, e fica ainda melhor com “i need therapy lalalalalalala”. Pena que o clipe é bem tosco e ninguém saiu ileso do crime do stylish (Ravi foi a vítima mais afetada), mas apenas ignorem ele e foquem na música.

-x-

54 – B.A.P – One Shot

cover-11

Já o B.A.P, em 2013, só continuou a fazer o que eles sempre fizeram muito bem: badboy concept. One Shot é B.A.P em sua melhor sonoridade, hip hop dramático e intenso com todo mundo morrendo/apanhando/sofrendo no clipe. Vocês sabem que sou biased de B.A.P, mas tenho que admitir que esses mvs de 7228 minutos deles são uma enrolação sem fim, então foquem na música ótima (esse rap do ❤ Yongguk ❤ que abre a faixa é pra glorificar de pé) que por algum motivo não hitou eles de vez.

-x-

53 – EXO – Growl

ff71cca345b1ac104022eef28300be24c6bb5a3e_hq

EXO iniciou sua subida no escalão em 2013, e se Wolf ja tinha botado eles no caminho, Growl foi o que deslanchou de vez. Esse conceito escolar é de longe o mais memorável deles até hoje (ok, talvez fique a par com o de Mama), e a faixa é tão catchy, grudenta, tem um instrumental e coreografias bacanas… outro template que cai bem neles. Acho até que a faixa ficou abaixo do merecido, mas a vida tem dessas.

-x-

52 – Girls’ Generation – I Got A Boy

ff0e9650823b9033a047da80e2481b8e64903a22_hq

Outra que também poderia ter ficado mais alta no top, mas que por questões naturais acabou caindo, foi I Got A Boy. Sei que uns 70% do povão acha isso aqui horrivel, mas eu gosto tanto. Sim, a faixa é uma bagunça, mas é uma bagunça boa, que no fim, de alguma forma, soa coesa. E tudo funciona ainda melhor com o clipe lindo, que merecidamente ganhou aquele prêmio do youtube de video do ano, e que pra mim é o exemplo perfeito de “o que é kpop?”, visualmente falando.

-x-

51 – Block B – Very Good

block_b_very_good

Acho que já contei isso aqui, mas Block B foi um dos (se não “o”) boygroups que tirou meu preconceito com o lado masculino do kpop, e provavelmente por causa do estilo mais comicamente bagunçado que até então quase ninguém apostava. A música em si é só uma farofa pop rock, mas o clipe 100% fumado dá outra cara pro negócio. Fazia um bom tempo que não escutava Block B, agora que ouvi pra escrever esse parágrafo fiquei nostálgico ❤

-x-

50 – After School – Love Beat

2ax0rev

AAAAAAARGHUFIR ISSO É BOM DEMAIS. Infelizmente não ganhou mv, porque isso aqui renderia um bem bate-cabelo-dramático-concept. Love Beat é uma música tão bonita, que transmite uma melancolia maravilhosa, mas que também dá pra farofar numa boa (e com propriedade). Os vários breaks são inusitados e cada um deles brilha de sua forma, juntamente com o refrão choroso. Hino <3. Ouçam aqui.

-x-

49 – Infinite – Destiny

infinite-destiny-cover

Eu gosto bastante dos instrumentais dos singles do Infinite, e um dos meus favoritos é o de Destiny, isso aqui é maravilhoso (o início só com uns sintetizadores pra depois tudo começar de verdade é icônico), e o que está por cima também não faz feio (a interpretação dramática no vocal deles é bem boa de escutar). Na verdade, estou até apreciando Destiny ainda mais enquanto escrevo isso, é bom relembrar hinos dessa forma.

-x-

48 – EXO – Black Pearl

ff71cca345b1ac104022eef28300be24c6bb5a3e_hq

Seguindo essa vibe de Destiny, Black Pearl tá no mesmo barco, e é ótima também (acho que é a minha favorita do XOXO, apesar de que ainda me divido um pouco entre ela e Let Out The Beast). Não sei identificar se os “uwuwuwuwu” no instrumental são dubstep, mas se for, foi bem usado viu? Ah, e destaque pra bridge pós-rap. Antigamente eu xingava muito no twitter dizendo que isso aqui deveria ter sido single no lugar de Wolf, mas por quê não um triple a-side?. Ouçam aqui.

-x-

47 – Kara – Runaway

kara-full-bloom

Runaway nas primeiras ouvidas era bem fillerzona pra mim. Mas com o tempo eu comecei a apreciar ela direito, e que música, hein. Gosto muito de como ela começa acústica, e depois vem chegando instrumentos um por um na backtrack, até que a faixa esteja 100% transformada em algo emocional e bom pra curtir momentos tristes. Ah, e o rap disso aqui é lindo <3. Só é uma pena que o “mv” tenha sido mal aproveitado, daria pra fazer algo bem bacana. Mas enfim. Ouçam aqui.

-x-

46 – 9Muses – Glue

Basic CMYK

E 9Muses volta a fazer aparições aqui no top. Glue não é lá um dos maiores destaques da carreira delas, mas é uma faixa ótima que merece ser citada. É mais uma música que faz ótimo uso da sonoridade “mais farofa-menos retrô” que os Sweetune costumavam fazer pra elas. Infelizmente tem um clipe basicão porque nem todo mundo tem dinheiro após um ano todo lançando coisa, mas com um grupo 100% visual, quem precisa de orçamento?

-x-

45 – Ailee – U&I

cover7Ailee iniciou sua fase R&B evocativo de Beyoncé em 2013, e mesmo curtindo todas as reciclagens que ela fez posteriormente, tenho que admitir que é sempre melhor na primeira vez, né? O inicio disso aqui é icônico, e a música inteira é tão vibrante, tão classuda, tão dançante, não tem como não curtir isso aqui. E o clipe também ajuda, é justamente o tipo de coisa que espero de uma faixa assim. O R&B precisa de você, Ailee, volte pra nós!!!11.

-x-

44 – f(x) – Airplane

sdgwr2g

f(x) veio explorar mais o EDM só em 2015, mas em 2013 já tinhamos uma amostra de como seria boa essa combinação. Airplane consegue ser tanta coisa ao mesmo tempo…. é vibrante, rebolativa, dessas bem pra farofar mesmo, mas ela também consegue ser suave, passional, emocionante, tudo ao mesmo tempo. É por essas e outras que Pink Tape é o melhor álbum de 2013 ❤ (precisei rasgar a loja de seda aqui, desculpem). Ouçam aqui.

-x-

43 – 4Minute – What’s Your Name

4minutewhate28099syourname

Como eu falei la no top de 2014, eu não entendo como tanta gente detesta as músicas do 4Minute que foram feitas pelo Brave Brothers. What’s Your Name é uma faixa tão bacaninha, alegre, com um refrão bem grudento, e um clipe legal de assistir, com todo plot twist de zumbis aparecendo do nada. Até entendo a decepção por ela vir após uma Volume Up, mas a faixa ainda merece ser apreciadas pelos 4minuteiros e simpatizantes ❤

-x-

42 – Brown Eyed Girls – Satisfaction

7f7d4830jw1e73iobmd5ej21kw1kwgtd

Em 2013, BEG ja estava com a mania de voltar a cada 2 anos (até hoje sofro com isso), mas o lado positivo é que os álbuns sempre compensam, e com o Black Box não foi diferente. Pra começar a rasgação de seda, trago Satisfaction. Isso aqui é um pop-rock muito bem feito e bastante catchy (dou 100 reais pra quem tirar o refrão da cabeça), e pra fechar de vez, Miryo entregando seu melhor rap entre as bsides do álbum. Voltem, eu imploro. Ouçam aqui.

-x-

41 – 9Muses – Miss Agent

Print

E pra encerrar mais uma parte do top, por quê não mais 9Muses? Miss Agent é uma faixa sensacional (sério, se não ouviram, ouçam agora porque não estão vivendo direito), e fico até meio culpado de botar ela tão baixo assim, mas infelizmente a vida não agiu a favor dela. Masss, vamos falar do quão maravilhosa Miss Agent é: esse clima evocativo de filmes alá Rocky Balboa é maravilhoso, e se não fosse o idioma, daria até pra se passar por um clássico da época. Aposto que teria um clipe icônico caso o Primadonna fosse um álbum visual. Ouçam aqui

-x-

E lá se foi mais uma parte do top 2013, agora restam só mais 40 faixas até o 1° lugar. Alguma ameaça de processo por músicas assassinadas antes da hora? Pra próxima parte: 1 boygroup, 4 solistas (não necessariamente todas coreanas), trocentos girlgroups (e mais 9Muses) e um viral que até eu me arrependo de ter cortado tão cedo. Chutem ai!

Não se esqueçam de curtir a página do blog, e se gostou do post, compartilhe ❤

Anúncios

4 comentários sobre “Top 70 de 2013 – Parte 2 (55-41)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s