Sobre a Kyla.

Olá, como vocês estão?

Bem, hoje trago um post um pouco mais sério (inclusive, perdoem por não ter postado as melhores do mês ainda, farei isso ainda essa semana).

Acho que como vocês devem estar vendo por ai, a Kyla, do Pristin, vem desde o debut sofrendo um monte de comentários escrotos por, aparentemente “””estar gorda”””. Me incomoda DEMAIS ver esse tipo de coisa, e eu nem sei quantas vezes já me revoltei com a maneira em como tratam ela. Só que ai, a gota d’água rolou essa semana:

Sério, isso é tão HORROROSO que eu nem sei como começo esse texto. O padrão de beleza da Coreia é surreal demais (lembrando que: não é porque “é o padrão de lá” que isso se torna menos pior, ou algo que supostamente deveríamos tentar compreender. Apenas não), e essa forma como eles excluem tão descaradamente os idols que não tão encaixados nessa figura perfeita de pele clara, corpo magro, e etc, é muito revoltante (ou melhor, reformulando a frase: essa forma como a sociedade exclui tão descaradamente as pessoas que não tão no padrão de beleza, porque isso acontece no mundo inteiro). Quando eu vi isso, meio que me senti na obrigação de fazer esse post, que eu estava querendo há tempos mas não sabia como me expressar.

dg6gnecuqaatuf0

Infelizmente essa não é a primeira vez que Kyla é excluída, já que sempre há relatos de que os fãs não gritam pra ela em lives, e tudo mais. E isso é destrutivo. Ser excluído por causa de aparência é uma coisa que machuca demais por dentro (eu falo como se não fosse um fato óbvio, né, relevem), e pior ainda pra alguém que só tem 15 anos. Se pra uma pessoa que já é adulta e que supostamente é mais “”forte”” emocionalmente (não arrumei palavra melhor) já é muito difícil ouvir esse tipo de coisa, imaginem pra alguém que é praticamente uma criança, e que ainda por cima, é uma pessoa famosa, que tem muito mais pessoas julgando ela? E, principalmente, QUE NÃO É GORDA E ESTÁ LONGE DE SER (e mesmo se fosse, não haveria problema nenhum e ainda assim não deveria receber nenhum comentário desse). Eu sou do mesmo ano que a Kyla e passo pelos mesmos comentários de “você precisa emagrecer”, e é bem doloroso. O corpo é da menina, ela emagrece só se ela tiver vontade. Caso contrário, ninguém deve mandar nisso. E pensar que provavelmente a Pledis uma hora ou outra vai enfiar uma dieta maluca nela…

E o que mais me irrita nisso tudo, que eu vejo muita gente falando não só sobre a Kyla, mas pra qualquer pessoa: “mas e a saúdezzZZZZZZZZZZZZZ” Parem. Esse argumento de saúde que usam pra querer mandar no corpo dos outros simplesmente não tem nexo nenhum. Ter problemas de saúde está longe de ter relação com ser gordo ou não. E os fiscais de saúde, curiosamente, atuam só nisso né? Dar um toque naquele amigo que bebe igual um louco, ou naquele parente que fuma vários cigarros por dia, ninguém quer, mas se tiver uma pessoa que não seja magérrima comendo um pedaço de pão já é NOOoOoOoOooOoOoOoOSSSAAAAAAAA. Tomem vergonha.

giphy1

Então, por favor, não usem esse assunto como piada, e seus derivados. Isso é escroto, você não vai estar sendo engraçado, e, principalmente, isso é algo que afeta MUITA gente. Muita gente mesmo. E por último, mas não menos importante: deem amor a Kyla. Ela merece ❤

Antes de fechar esse post, quero fazer um adendo: tomem cuidado sobre como vocês defendem a Kyla. Eu cansei de ver por ai coisas como “onde ela é gorda? o corpo dela é lindo” ou “a Kyla não é gorda, ela tem um corpo normal“, e afins. Sei que a intenção de todo mundo que defende ela é a melhor possível, mas se policiem, porque essas (e tantas outras) são frases tão gordofóbicas quanto tudo o que tão dizendo pra ela, ninguém merece ler, de foma implícita, que o corpo de pessoas gordas é, supostamente, feio ou anormal.

E que um dia, todos possamos ser nós mesmos sem que tenha o padrão pra destruir tudo.

Não se esqueçam de curtir a página do blog.

17 comentários sobre “Sobre a Kyla.

  1. Minzycreide disse:

    Eu odeio esses temas. Eu era bem gordinha quando era mais nova, do tipo boneco de neve de meio metro (sou nordestina, então minha mãe me chama/chamava de “tamburete de forró” nem sei o que é isso). Agora, com meus 14 anos (e alguns meses), reclamam porque eu sou muito magra.
    Eu não sou magra em excesso só porque minhas clavículas existem e aparecem, mas até minha mãe fala disso.
    Se não me engano, a própria Kyla disse que estava tentando emagrecer pra “ficar bonita”. Eu fiquei tipo…
    Ela parece ficar tão tristinha com isso, isso me lembra o que falaram da Wendy do RED VELVET. Ela começou a emagrecer tanto que agora até os k-netizens estão “reclamando” que ela não parece saudável. Enfim, força, Kyla ❤

    Curtido por 1 pessoa

  2. Daniel Mundano disse:

    Nos meus 40 anos de idade eu não consigo compreender uma coisa: como julgar o que é ou não é um “padrão de beleza” quando 99.99% do mundo NÃO ESTÁ NO TAL PADRÃO DE BELEZA!!!!!

    É triste demais o que fazem com os idols, inclusive eles nao podem nem ao menos ter direito de resposta, a própria empresa deles incitam a eles cometerem atos de bulimia.

    Dureza… </3 =(

    Curtir

  3. B1a4Beca disse:

    “Esse argumento de saúde que usam pra querer mandar no corpo dos outros simplesmente não tem nexo nenhum. Ter problemas de saúde está longe de ter relação com ser gordo ou não. E os fiscais de saúde, curiosamente, atuam só nisso né? Dar um toque naquele amigo que bebe igual um louco, ou naquele parente que fuma vários cigarros por dia, ninguém quer”
    FINALMENTE ALGUÉM DISSE ISSO
    Nada é mais hipócrita que esse essa desculpa de ser por saúde
    É lógico que não é por causa de saúde
    Você não julga uma pessoa inferior/mais feia/anormal por saúde (ou ao menos não deveria)
    Pessoas com um corpo fora desses padrões podem estar saudáveis e as pessoas simplesmente não conseguem assimilar esse conceito
    Por exemplo
    Ninguém nunca se preocupou com a minha dieta por eu ser magra, ninguém nunca nem falou que eu devia parar de comer tanto
    E quando eu tentei uma dieta quando mais nova (pra comer de forma mais equilibrada, não emagrecer) meus pais falaram que eu não precisava e que ‘ia sumir’
    Sabe porque? Porque as pessoas não ligam pra sua saúde
    Elas ligam pra sua aparência
    Quando alguém reclama que você nunca faz esportes? Que você não tira férias do seu emprego? Que você não dorme direito?
    Isso é uma desculpinha esfarrapada
    No fundo eles só querem cuidar da sua aparência, mas não podem admitir abertamente que tem preconceito com isso

    Curtido por 1 pessoa

  4. whoisde4d disse:

    Esse seu adendo final é importantíssimo. O que eu já não vi de gente tentando chamar os outros de magro pra elogiar e fazer a pessoa se sentir melhor não é pouco. E isso não para só na gordofobia, quando o povo fala que pessoas que sofrem bullying por parecerem gays defendem elas falando que elas não são gay é muito similar a isso. Enfim, esse tema é bem importante mesmo e é sempre bom lembrar que ele é forte e presente na sociedade, muito bacana o post.

    Curtido por 3 pessoas

  5. lucascardozo disse:

    Se ela é gorda eu to numa situação crítica então. Realmente é muito chato esse pessoal que fica querendo tomar conta do corpo dos outros. O caso dela é pior ainda. Seja aqui, seja lá (lá bem mais), as pessoas tratam “gordo” como se fosse a pior coisa do mundo. Saudades lógica. É muita hipocrisia.

    Curtir

  6. okumura kinuko (@yellowpostitbae) disse:

    Eu achei incrível o texto, só discordo de uma coisa: a Kyla está sim acima do peso. Mas ela está linda. E saudável. Obviamente ela não tá gorda, e é uma coisa que a gente esquece, que o nosso corpo é diferente do corpo de um asiático, eles são “menores” então pra gente parece que não, mas, mesmo se ela estivesse obesa, ou magérrima, pouco deveria importar. Eu fico muito triste com isso porque a Kyla é um doce, super talentosa, e, principalmente, só uma garota. Eu sou alguns meses mais nova que ela, poxa. Eu passo longe de ter sobrepeso, e alguns quilos que eu engordei por causa de ansiedade já foi o suficiente pras pessoas apontarem “nossa, ela tá gordinha, né? E a saúde?” tipo, QUE? Sendo que meses antes tavam falando que eu tava magra demais. Essa pressão nos adolescentes pra sermos como modelos é horrível, os caras não percebem o dano que causam, e o pior é que é tudo “mas estamos só nos preocupando com a sua saúde” “ai isso é drama” “sempre foi assim, é normal” NÃO, não é. Tratar o sobrepeso como se fosse algo “fora do padrão” quando mais da metade da nossa população e 1/3 da população mundial tá acima do peso é absurdo e uma atitude deplorável pra esconder preconceito.

    Curtir

    • Adriano disse:

      Sim, eu passo pelo mesmo também, sou só uns 11 meses mais velho que ela e pelo menos uma vez por dia tenho que ouvir um “não acha que tá na hora de emagrecer não?” e seus derivados, o que mais me irrita é que as pessoas dizem isso como se estivessem perguntando que horas são, como se fosse algo super ok e nada indelicado (e nem preconceituoso) de se perguntar

      Curtir

      • okumura kinuko (@yellowpostitbae) disse:

        Sim, sim, ugh. Reclamam que adolescentes são neuróticos, carrancudos, que não gostam de interagir com adultos, mas porque será? Eles sempre são destrutivos conosco em relação à aparência ou personalidade, cagando regra tentando nos moldar pro “mundo lá fora”, querendo que nós passemos pra frente o preconceito e a insensibilidade deles. E muitas vezes a gordofobia tá do NOSSO LADO e a gente não percebe, infelizmente. :<

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s