Top 70 de 2014 – Parte 5 (10-1)

Olá chuchus, como vocês estão?

E finalmente estou aqui com o ✧✬* Icônico e aguardadíssimo por 3 pessoas *✬✧ top 10 de 2014. Após várias faves sendo queimadas antes mesmo da metade da lista chegar e várias ameaças extremamente graves pra cima de mim, trago pra vocês as 10 melhores músicas de 2014, que uniram a arte e o pop na época e até hoje salvam minha vida.

Pra quem quer recapitular as partes anteriores (ou chegou aqui agora), aqui estão elas:

Parte 1 [70-56] – Parte 2 [55-41] – Parte 3 [40-26] – Parte 4 [25-11]

Sem mais delongas, vamos lá:

10 – Hyuna – Red

maxresdefault

Eu acho isso aqui o ápice da carreira da Hyuna fora do 4Minute, Red é provavelmente a 1° coisa que me vem na cabeça quando vejo “Hyuna” por ai. E não é pra menos, né? Isso aqui é icônico, é uma música extremamente grudenta e rebolativa, e além de tudo, 100% descompromissada, o tipo de coisa que eu sempre espero dela (e posso dizer o mesmo do mv, que é o mais legal dela, todo coloridão e piranhesco). E claro, a atemporal letra onde Hyuna corrompe as cantigas infantis coreanas pra dizer o quão gostosa ela é. Saudades era Red…

-x-

9 – FEMM – Fxxk Boyz Get Money

femm_femm-isation_cover

É um pouco previsível colocar FODER GAROTOS PEGAR DINHEIRO nos tops 10 de 2014 da vida? Bastante, na verdade. Mas vamos fazer o que se isso aqui é um jam atemporal e milenar, que deveria ser reconhecido como um dos maiores acontecimentos da música? Pois é. Não tem como não gostar disso aqui: pop genérico (elogio) e farofeiro, com um refrão extremamente grudento e memorável (são sinônimos? nem sei) e uma letra mais icônica ainda, juntamente com as duas vestidas de maid enquanto twerkam roboticamente. Sinceramente, alguém consegue dizer não pra isso? Eu conseguia e hoje sinto como se fosse uma pessoa sem luz interior na época.

-x-

8 – Tomomi Itano – Come Party

kicm-91560

Acho que é até um pouquinho precipitado da minha parte colocar Come Party tão alto sendo que tem só uns 4 meses que eu descobri a existência dela. Mas o que eu posso fazer se isso me conquistou logo de cara? Isso aqui é tão vibrante, tão alegre, tão tudo. Esse refrão grudento pra caramba é ótimo, e tão simples que dá pra sair cantando logo na 1° ouvida, e os breaks de rap e de apito (!!!) são icônicos, e agregam bastante ao clipe onde ela contagia todo mundo pro espirito festeiro. Só ignorem que a Tomomi não exala toda essa alegria no clipe, essa parte a gente esconde.

-x-

7 – Beast – Good Luck

1402646359642

Acho que o que eu disse sobre a Hyuna lá em cima se aplica aos ex-colegas de empresa dela, Good Luck é meu troço favorito deles até hoje (não só o single, mas o mini também, We Up e Dance With U hinões) e a imagem que, pra mim, foi o que melhor se encaixou neles durante os 6 anos na Cube. Como falei numas partes atrás, músicas que começam lentas pra depois engrenarem em algo mais sempre me agradam, a faixa começa como uma balladzinha (tanto que eu levei umas 10 ouvidas pra apreciar isso aqui, porque eu sempre fechava antes do Yoseob parar de gritar achando que era uma ballad sem sal), mas depois vira algo-que-não-sei-o-gênero sombrio e com uns sintetizadores ótimos. Hino da boa sorte.

-x-

6 – 2NE1 – Gotta Be You

2ne1_crush

Eu sinto que gosto bem mais do 2NE1 mais pop do que do 2NE1 badass ao extremo, e é por coisas como Gotta Be You que eu acho isso. Que música boa, ela é tão animada, mas ao mesmo tempo eu consigo sentir uma coisa mínima de melancolia, e isso dá todo um “tchan” a mais. Os versos crescentes são ótimos, e essa guinada pro refrão icônico é tão boa quanto. Não é a toa que é a minha faixa favorita delas. E me julguem, mas eu não acho esse clipe ruim do jeito que falam, é até bonito…

-x-

5 – Jolin Tsai – Play

69781468gw1etj2d3mdd1j20m80xcjuo

QUE HINOOOOOOOOOOR3484GHOEI. Aff, isso aqui é uma farofa tão boa, mas tão boa. Jolin lançou uma title arrebatadora pro álbum, sério, que música ótima. Play é tão rebolativa, tão grudenta, que se eu pudesse, ouviria só ela até o resto da minha vida caso me obrigassem. E uma música que por si só já é um hino, fica ainda melhor com o mv icônico, onde Jolin interpreta vários esteriótipos diferentes (a moça que só pensa em dinheiro, a atriz que já não tem mais o mesmo fôlego na carreira, a indie que acha que é única, a que só pensa em malhar), enquanto critica os mesmos com uma letra que consegue atingir até mesmo a gente, vejam só. Rainha. Espero que ela venha com uma dessa no tal álbum que sai esse ano.

-x-

4 – Stellar – Mask

artworks-000088952087-4ixzud-t500x500

Marionette é uma música ótima, claro, mas pra mim, o destaque do Stellar em 2014 é Mask, e é um crime ela ter sido tão eclipsada assim, a ponto de quase ninguém lembrar dela. É uma faixa dramática no melhor sentido da palavra, bem melancólica, mas ao mesmo tempo, sensual do jeito Stellar de ser. E isso só melhora com a mensagem que critica a hipocrisia dos coreanos pra cima delas, coisa que nos comebacks seguintes acabou se tornando a marca registrada dos clipes do grupo. É uma pena que Stellar tenha disbandado (acho que nem eu que quase sempre sou otimista consigo pensar que o grupo vai continuar só com as 3 restantes, né), pois o nível de qualidade dos singles era alto, e Mask só comprova isso.

-x-

3 – Purfles – 1, 2, 3

purfles-1-2-3

Outra farofa maravilhosa. Purfles teve o melhor debut do ano, então é claaaaro que elas acabaram sendo as mais ignoradas. Bando de sem coração esses coreanos. 1, 2, 3 tem sua magia no fato de não parecer algo que estava sendo lançado em 2014, mas sim em 2011-12, e não só isso, mas o Purfles em si parecia ter mais experiência, sendo que haviam acabado de estrear, com uma faixa ótima, por sinal. Isso aqui é bom demais, tem um replay factor altíssimo e é o tipo de música que nos dá vontade de sair por ai performando na rua. Por onde anda Purfles Lopes? Um beijo pra vocês, Purfles Lopes.

-x-

2 – HA:TFELT – Ain’t Nobody

yenny-hatfelt_1406838214_af_org

Acho que Ain’t Nobody é uma dessas faixas que te deixam impactado assim que terminam. Foi a minha reação na 1° vez que escutei, e é minha reação até hoje. Yenny canta isso com uma emoção gigante, e esse é um fator que transforma isso em uma obra-prima. Ain’t Nobody, ao mesmo tempo que é agoniante e triste, é uma faixa intensa e linda, que transmite tudo isso de uma vez só. O refrão disso é simplesmente maravilhoso, dramático, e passa 100% toda o sentimento que a Yenny propõe na letra, e no clipe isso só aumenta, com ela enlouquecendo na dança contemporânea nos momentos em que ele chega. Ain’t Nobody é linda, maravilhosa, e todos os elogios possíveis, MASS, não foi o suficiente para barrar isso no meu coração…

-x-

1 – f(x) – Red Light

17ba689a3ca42e71a02f651e7fc70350d6e55cee_hq

Pra quem me conhece, acho que esse 1° lugar tava óbvio desde que as palavras “top” e “2014” apareceram juntas nesse blog semana passada. E o que eu disse sobre Ain’t Nobody, de ser uma dessas faixas que te esmagam quando você ouve a 1° vez, pode ser 100% copiado sobre Red Light também, isso aqui é simplesmente único, e eu acho que “único” é a melhor palavra pra se definir o f(x). Ninguém conseguiria lançar isso da mesma forma que elas lançaram, e eu acho que provavelmente acharia Red Light a maior bagunça se não fosse delas. Na verdade, Red Light é destoante sim, e é exatamente ai que está toda a iconicidade: o refrão não é nem de longe o que se espera, e quando ouvimos isso pela primeira vez, a única reação possível é a de erro 404, e quanto mais ouvidas, mais sentido ela faz. Red Light é um ícone, e acho que nenhuma outra faixa é tão merecedora de 1° lugar no meu 2014 quanto ela ❤

-x-

E esse foi o top 10 de 2014. Se tudo der certo, trago o de 2013 mês que vem, aguardem afetuosamente.

Não se esqueçam de curtir a página do blog, e se gostou do post, compartilhe ❤

19 comentários sobre “Top 70 de 2014 – Parte 5 (10-1)

  1. Sowon Xiita disse:

    *pretends to be shocked* com esse primeiro lugar, mas eu vou bater na tua cara com Mask na frente de Play e de todos os outros hinos que tu matou.
    Btw, tu não tava debatendo até tipo semana passada se valia a pena rebaixar Good Luck e Play pra fora do top 10? Elas subiram tanto assim? e.e

    Curtir

  2. Botas da Namie disse:

    Red realmente vem na cabeça qdo o assunto é Hyuna.. depois de Change 😛
    Tbm concordo q 2ne1 pop é mto melhor q 2ne1 badass 😀
    Mask pra mim é o single mais fraco das Stellar assim como Red Light é o mais fraco das f(x) 😦
    Que ofensa ver PLAY barrada por tantas coisas inferiores.. mas é seu gosto.. um gosto 0/20 -q

    Curtir

  3. Minzycreide disse:

    Gotta be you é um MV bonitinho sim, o problema é que não tem todo o estilo e o lado “vamo bolar teoria envolvendo Hitler e anjos do mal” de Come back Home. Por mais que a música seja muito superior a essa outra (o que muitos blackjacks não concordam, mas eu sou sone).
    Red Light hinão, metade da cara rebocada concept é o melhor do ano.

    Curtir

  4. Toshio disse:

    Red, Good Luck e Red Light são viciantes e dá pra ouvir em loop ,3 . Jolin Tsai eu não conheço muito mas AMEI essa música. Eu só teria colocado Back do Infinite, Danger do Taemin. Mas nem te culpo, 2014 foi bem forte.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s