Top 70 de 2015 – Parte 5 (10-1)

E cá estou eu também com o top 10 de 2015, que após 1 semana de top está sendo postado. Como eu disse, 2015 foi um ano ótimo pro kpop, e pra mim, essas 10 são os destaques absolutos, que eu amo e venero até hoje.

Se vocês quiserem relembar (ou ver, caso estejam aqui por esse post somente), aqui tem as outras partes do top:

Parte 1 (70-56)Parte 2 (55 – 41)Parte 3 (40-26)Parte 4 (25-11)

Sem mais delongas, confiram ai as 10 melhores de 2015 (segundo euzíssimo)

10 – Red Velvet – Dumb Dumb

7949469071175137

Dumb Dumb é até hoje a minha coisa favorita delas, e os motivos pra isso são muitos: a faixa toda tem a aura creepy/alegre/grudenta que veio a ser associada a elas depois, com 221 dumbs sendo ditos ao longo da música, o rap icônico fazendo referências a Michael Jackson, o mv sendo um dos mais legais do ano, o replay factor altíssimo… é nisso que eu penso quando Red Velvet me vem a cabeça, e felizmente Dumb Dumb encapsula muito bem esse espírito.

-x-

9 – Hello Venus – I’m Ill

hello-venus_1438186289_af_org

FAROFAAAAAAAAAAAAAAA. Ai, eu acho que já disse isso aqui, mas em 2015 nós tivemos farofas bem boas, e com certeza I’m Ill é uma das melhores. Isso aqui é datadíssimo, mas ao menos pra mim, isso é algo que dá toda a essência pra faixa. E vamos lá, Hello Venus fazendo farofa sempre resulta em iconicidade, e assim como Bbang Bbang, eu realmente gosto disso aqui, ao invés de curtir pelo o quão trash é, eu acho I’m Ill um hinão. Se elas seguirem a vibe de Mysterious daqui pra frente, vai ser legal, mas vou sentir falta de umas coisas dessas…

-x-

8 – BESTie – Excuse Me

45330-andltahrefhttpwwwjpo-mu9k

Excuse Me é somente uma faixa pop com sax que tem aos montes no kpop. Mas ela é tão boa que acaba se tornando única. O tempo muda várias vezes durante a faixa, e o que poderia se tornar uma bagunça completa, acaba sendo o destaque, pois no final tudo se encaixa (e o refrão duplo ajuda bastante nisso). E pra terminar, o mv tem um plot bem interessante, com toda a historinha do óculos revelando a real intenção dos caras (e outras coisas a mais). Volta, BESTie.

-x-

7 – Girl’s Day – Ring My Bell

4de0a6c3gw1ettjfonj89j21kw1kw0xs

Eu sei que todo mundo odeia isso aqui, então estou preparado pra ser jogado na lama. Mass, antes disso eu irei defender Toque Meu Sino, porque ela é boa demais pra ser gongada por todos. Como vocês estão há 2 anos dizendo não pra essa bagunça que é pop, é country, é tudo, e que no fim das contas funciona perfeitamente????? Bando de sem coração. Em 2015 várias faixas tiveram refrão duplo, e com certeza o de Ring My Bell é o melhor. Ah, e assim como a música, o mv tem bastante informação, mas se no fim das contas funciona, por quê não?

-x-

6 – Rainbow – Black Swan

image__2015_171105_14246496621777296

Em 2015, Rainbow entregou sua melhor música desde Mach, e também a melhor do grupo (Rainbow morreu, então não há concorrentes pra essa). E ironicamente, Black Swan é a que mais se afasta do conceito de Rainbow, sendo bem dark e sensual. Uma coisa ótima nisso é que, ao invés de ter replay factor por ser catchy, Black Swan tem replay factor por ser dessas faixas que crescem a cada ouvida, e quando você vê, está achando um hino maravilhoso. Por si só ela é ótima, mas ganha ainda mais força com o mv todo e preto e branco. Hino.

-x-

5 – 4Minute – Crazy

4minute-crazy-mini-album

Quem também teve a melhor música desde alguns anos em 2015 foi o 4Minute, Crazy veio pra dar um refresh na imagem do grupo com um girlcrush mais pesado, coisa que elas não faziam desde 2011 (ou até antes), e a faixa foi tudo o que precisava pra elas se tornarem um dos destaques do ano, sendo lembradas até o fim pelo comeback. Crazy é energética, intensa, e acho que ninguém além delas conseguiria lançar isso da mesma forma, porque 4Minute sempre foi convincente nas faixas de unnie fodona. Infelizmente os ícones partiram 1 ano depois, mas teremos Crazy pra ser lembrada até o fim.

-x-

4 – Stellar – Vibrato

stellar_vibrato_cover

Vibrato foi algo extremamente icônico em 2015, e até hoje é, a mensagem de shade do mv é provavelmente a mais na cara que elas jogaram até hoje, criticando a hipocrisia dos coreanos, ironizando o hate que elas sofreram em Marionette, e tal (o tipo de coisa que meio que virou algo que a gente espera delas sempre), e como se não bastasse, temos uma música ótima, que tem um replay factor enorme e nunca enjoa, tudo nela é ótimo, mas a transição de bridge-refrão final é o destaque de tudo. Uma das melhores delas até agora…

-x-

3 – Wednesday Campanella – Medusa

okobgtg

Ai, que música boa, Eu adoro muito o estilo do Wednesday Campanella, e Medusa é um dos melhores exemplos que a sonoridade do trio pode ter. Os “eeehhhhhh” do começo (e que aparecem timidamente em alguns outros momentos) dão um clima etéreo maravilhoso, e os versos disco também são bem bacanas, mas ai o disco vem em peso no refrão, que nos dá vontade de fazer como a KOM_I no clipe, sair por ai dançando no meio da noite. Ótima. Como eu disse, o Zipang é a melhor coisa deles, e é por faixas como Medusa que isso acontece.

-x-

2 – Brown Eyed Girls – Brave New World

brown-eyed-girls_1446757241_af_org

Quem também entregou um disco maravilhoso em 2015 foi o BEG, mas nesse caso, na Coreia. Após muitas especulações de disband e tal, elas conseguiram (finalmente) sair da Nega Network e ir pra Mystic Ent, e lá, lançaram um dos álbuns com conceito mais criativo do ano. E toda essa coisa da física não tá presente somente no álbum, mas nos mvs também, e enquanto Warm Hole é bacana, Brave New World é a obra-prima da coisa. Tem o mv mais bonito da carreira delas, além de ser um dos melhores singles também, o refrão com os “all about the world” gritados, o instrumental, é tudo ótimo… Foi a melhor coisa da Coreia, mas não a do ano. Foi difícil escolher, mas a vencedora de 2015 vem lá do Japão.

-x-

1 – Namie Amuro – Stranger

6429ec5a111271decb44a77ec662dd27

E mais uma farofa entre nós, mas dessa vez, a melhor do ano. Como eu disse há uns posts atrás, eu gosto bastante do _genic, e a minha favorita do ano tá nele. Stranger é bem simples, e é por isso que ela funciona, as batidas étnicas no instrumental são ótimas, e Namie gritando no refrão é algo sempre bem vindo nas faixas dela. A cada minuto isso fica mais intenso, e quando chega no refrão… Ah, o refrão, ele explode de um jeito muito bom. Não sou lá um expert em Namie Amuro, mas Stranger é a minha favorita dela entre tudo o que ouvi da discografia. Parabéns Namie, você pisou em 2015 (se quiser lançar álbum esse ano, tamo ai). Alguma alma sortuda legendou o pv completo e postou no youtube sem ser barrado, então ouçam aqui.

-x-

E esse foi meu top de 2015. Vendo agora que ele está completo, eu só tenho certeza em afirmar que foi o melhor ano pro kpop até agora (pro jpop eu já não sei porque acompanhei pouco).

Seguinte, eu tenho pronto aqui os de 2014, 2013 e 2012, mas eu ainda tenho minhas duvidas se posto eles mensalmente ou se guardo pra quando a semana tiver braba na falta de pauta (tipo essa que se passou), então queria saber se vocês preferem que eu poste mensalmente ou tanto faz. E também quero saber se vocês, como leitores, se sentiriam de saco cheio de ver top anual aqui durante os meses seguintes.

E quais faixas de 2015 vocês mais gostam?

Não se esqueçam de curtir a página do blog, e se gostou do post, compartilhe ❤

Anúncios

22 comentários sobre “Top 70 de 2015 – Parte 5 (10-1)

  1. Sowon Xiita disse:

    “8 – Bestie – Excuse Me”
    “7 – Girl’s Day – Ring My Bell”
    Nossa, eu revirei o olhos lindamente agora e…

    “1 – Namie Amuro – Stranger”

    Aaaaarrg que hino de top, nunca critiquei, Adriano rei do bom gosto.

    (mas I’m Ill foi sabotadíssima fora do top 5, tchau)

    Curtir

  2. kinuko (@yellowpostitbae) disse:

    Eu gosto da maioria das músicas do top 10 mas a maioria nem estaria no top 70 quanto mais no 10 *sigh*, acho que só Brave New World eu manteria (umas posições abaixo). Agora o que eu não ~consigo~ acreditar é que você sabotou Ah-Choo e I Need U, decepcionada Adriano oppa.

    Seria legal postar os tops aleatoriamente (deixar pauta pronta pra preencher buraco é o tipo de coisa que eu faria -q) e o que eu achei mais interessante mesmo é RING MY BELL NO TOP 10 (melhor refrão duplo do ano preach)

    Curtir

  3. Ethan disse:

    Socorro eu amo Ring my Bell, não diria um hino(ou digna de top10) mas ela realmente é boa ao meu ver! Hahaha
    O seu top 10 está ótimo, apesar de eu ter sentido falta de Hurt Locker(Ainda não vi as outras partes mas juro que já estou indo ver :D) Black Swan, Crazy, Brave New World,Dumb Dumb e Vibrato hinoooos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s