Top 10 músicas do Sistar – Tributo

Olá, como vocês estão?

2017 está a todo vapor nessa coisa de disband né? Quem nos dera ter ficado em 2016, o estrago teria sido um pouco menor. Mas a vida tem dessas.

Sistar sempre foi um grupo com um estilo bem próprio e fácil de hitar, sempre com conceitos sexys em boa parte da carreira, sejam eles alegres e coloridos ou sóbrios e classudos, Sistar estava sempre trazendo sua sensualidade e músicas simples e efetivas pra agraciar nossas vidas. Um grupo icônico, com singles e integrantes icônicas e que contribuiu bastante pra popularização de uma das tendências mais seguidas entre os girlroups até hoje.

Sistar nos trouxe músicas legais em seu tempo de vida, e aqui listo as minhas 10 favoritas. Vamos lá?

10 – I Swear

sl4munj

Pra começar, um dos singles mais good-vibes do Sistar e um dos que ajudaram a marcá-las como as criadoras do verão (foi aqui que começaram os comebacks de verão seguidos a risca delas, né? Não sei, mas se não for, finjam que eu acertei). I Swear é bem alegre, vibrante e descontraída, ótima pra ouvir enquanto você viaja com suas #migas pra algum lugar com sol e praia e coisas do tipo igual elas fazem no clipe. E isso porque é só o bom e velho pop com sax.

-x-

9 – Shake It

cover

SIM EU GOSTO DE SHAKE IT LALALLALALALALLALALALLAALALALALALALALALALALA. Eu demorei pra aceitar isso na minha vida, mas fazer o quê, né? Não tem como não ceder a uma farofinha alegre e grudenta. Shake It não faz uso do vilãs do Batman concept dos teasers que enganaram todo mundo, mas como essa foi a última vez que elas lançaram um verãozão escancarado, dá pra perdoar. E além do clipe ser bem legal e colorido, com todas estando visuais da nação (é o meu favorito delas), também temos ❤ Shownu com roupa de policial rosa ❤

-x-

8 – Crying

482107508_1280x1280

Eu nunca parei pra ouvir o Give It To Me inteiro até hoje, mas tem duas faixas dele que eu gosto muito, e Crying é uma delas. É uma das minhas ballads favoritas delas. De fato, ela consegue transmitir tristeza, principalmente pela Hyorin cantando como se estivesse quase chorando (rá) no refrão, que é ótimo. Uma pena que não tenha recebido um mv de 10 reais com elas andando na rua sob um filtro em preto e branco após as promoções da title, mas esse live ai tá ótimo já.

-x-

7 – Push Push

gxzor_p3y7q

Percebi que o debut delas é uma das faixas mais esquecidas, então, por quê não enaltecê-la aqui, já que é tão boa quanto as aclamadas? Push Push é só uma farofa brega, grudenta e autotunezada que era bem comum de ser lançada em sua época e que hoje em dia faz um pouco de falta. E por isso mesmo que ela é boa, ja que, ao menos comigo, esse tipo de coisa sempre funcionou. Ah, e de brinde temos Sistar numa imagem mais girlcrush pra variar.

-x-

6 – One More Day

sistar

É um crime One More Day ter passado tão batida. A faixa é ótima (assim como outra que elas lançaram ano passado) e totalmente única na discografia delas, indo pra um caminho mais eletrônico e disco, mas ainda assim sem se destoar das coisas melancólicas que elas costumavam lançar. A parceria com Giorgio foi bem inusitada, e aqui ele só provou mais ainda todo o seu talento pra produções. O clipe com temática implicitamente LGBTQ+ seria um tapa na Coreia caso divulgado da forma certa, uma pena que não ocorreu, mas ter visto um grupo do escalão delas lançar algo com essa mensagem foi gratificante.

-x-

5 – How Dare You

sistar-how-dare-you

How Dare You é sem duvidas a minha faixa favorita do comecinho de carreira delas. A faixa é bem grudenta e com ares de electropop, e esse clima de encerramento alegre deixa tudo mais único. O refrão duplo é a melhor parte da música <3. E o clipe bem característico dessa época do kpop é legal de assistir, e da pra ver como a imagem delas foi mudando conforme o tempo foi passando. Acho isso aqui ótimo, mas não tenho muito o que falar da faixa, então fiquem lendo essas palavras até dar um parágrafo grande o suficiente pra não desorganizar o post.

-x-

4 – Give It To Me

482107508_1280x1280

Essa aqui eu vi que divide mais opiniões do que parecia, e eu sempre fui da parte que adora. Give It To me é tão boa, o instrumental é muito bom e diferenciado do que elas faziam/fazem, e Hyorin berrando na faixa toda nunca foi tão ótimo. Eu já fui mais viciado nisso aqui, mas mesmo não amando tanto quanto antes, ainda é uma das minhas favoritas delas (obviamente, já que se não fosse ela nem estaria aqui, Adriano sempre sendo óbvio). E esse conceito de circenses sensuais é um dos mais bonitos que elas já fizeram. Um ótimo exemplo de “Sistar fora do verão”

-x-

3 – I Like That

insane-love

Logo logo I Like That faz um ano (!!!!), e pra mim sempre será memorável como a melhor música de 2016. Isso aqui era o sopro de ar fresco que Sistar tava precisando na sua imagem, e foi feito maravilhosamente. É basicamente uma mescla do lado verãozão + o lado sensual que também acontece no verão mas não é verão, e isso é ótimo, porque os dois lados já são legais separados, e juntos formaram essa iconicidade aqui. A faixa toda é ótima, mas o ponto alto é a pré-bridge grudenta, que dá ainda mais destaque pras guitarras da backtrack. I Like That foi o que reascendeu meu interesse por Sistar, e se não fosse por ela provavelmente esse post aqui nem estaria existindo. Ah, e o conceito oriental do mv é legal também, e meu sonho de princesa é aprender essa coreografia com os pano ai.

-x-

2 – Alone

cover-ec94a8ec8aa4ed8380_sistarebafb8eb8b88ec95a8ebb294_eba6acec82acec9db4eca6881

Isso aqui é provavelmente um dos sexy concepts mais icônicos do kpop (e duvido que um dia deixará de ser). Os “nahonja” repetidos em meio ao resto do refrão são bem grudentos, a backtrack é inconfundível, e a intro com os “i don’t wanna cry, destroy my ass please dry my eyes” é mais do que memorável. Acho que foi a melhor primeira impressão que ja tive de um grupo no kpop (foi a primeira coisa que ouvi delas). Alone é ótima, mas acho que meu coração tem mais espaço pra…

-x-

1 – So Cool

sistar

FAROFAAAAAAAAAAAAAA. Mas que coisa icônica ❤ a música do desflop total a gente nunca esquece, né? So Cool tem tudo o que uma farofa kpop precisa: intro brega (ok, nem tão brega assim porque eu realmente gosto desse show da virada que o Brave Brothers fazia/faz), um instrumental eletrônico bem rebolativo, refrão grudento… grudento e memorável, já que como brasileiro é, So Cool foi meme interno da kpopsfera durante esses quase 6 anos de sua existência  E o clipe é bem característico da época também, cheio de aleatoriedades (principalmente essa maratona ai que elas fazem usando vestidos espalhafatosos, quando nossas faves vão fazer isso?). So Cool não é só a minha favorita delas, mas também uma das minhas favoritas entre o kpop todo. Elas ficaram pouco tempo na carreira lançando farofas desse estilo, mas acho que foi o suficiente pra valer a pena.

-x-

E esse foi o post de tributo pro Sistar. Como eu ja disse, disbands são tristes, mas esse delas foi algo natural, sem aparentes brigas internas, sem perca de integrantes, todas estavam bem juntas, e acho que numa despedida (falando no geral da vida mesmo) isso é algo essencial. Boa sorte para as meninas em seja lá qual caminho elas escolham seguir, nós estaremos aqui sempre radiantes e rebolativos no verão em homenagem a vocês.

E quais as faixas do Sistar que vocês mais gostam?

Não se esqueçam de curtir a página do blog, e se gostou do post, compartilhe ❤

Anúncios

8 comentários sobre “Top 10 músicas do Sistar – Tributo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s