Pacotão Aleatório #11: Apink, Pentagon, FT Island, Up10tion e trocentos milhares de solos (mentira, são só 12).

Olá, como vocês estão?

E como o mês ta no último dia, resolvi trazer mais um pacotão comentando tudo o que saiu e eu não comentei porque em post solo não ia render muito ou eu estava sem tempo ou com preguiça. 

Começando, temos o comeback do Apink:

Apink – Five

Continuar lendo

Anúncios

REVIEW: MAMAMOO – PURPLE

Olá, como vocês estão?

E cá estou eu com mais uma review, dessa vez do Purple, mini do Mamamoo. Mesmo gostando bastante delas, eu não tava lá tão ansioso pra esse comeback em si, então até que me surpreendi com o single. Mas será que o álbum é bom também?

Eu não costumo ser tão fã dos álbuns do Mamamoo, porque tirando o Melting do ano passado e o Hello, do debut, eles seguem a linha de “single+1 ou 2 bsides boas e o resto filler ou no máximo agradável”, mas como elas haviam prometido que seguiriam essa ~evolução~ que começou em Décalcomanie, acabei dando uma chance pro mini, e o que achei dele vocês conferem ai:

Continuar lendo

‘Archangels Of The Sephiroth’ poderia ser melhor em alguns quesitos, mas o comeback do Stellar num todo tem um saldo bem positivo.

Olá, como vocês estão?

Essa semana ta bem corrida por causa dos bons lançamentos que merecem post solo, então eu to tendo que me organizar ainda sobre como irei postar cada um. Enfim, vamos ao que importa: STELLAR VOLTOU. Eu gosto bastante delas e tava ansioso pro comeback (já que fazia quase 1 ano desde o último), apesar de que a ideia de uma nova integrante não me animou muito. O mv saiu ontem, confiram ai, Archangels of the Sephiroth:

Continuar lendo

Jinsoul está ‘Singing In The Rain’ pra continuar com o bom nível da nova fase do LOOΠΔ.

Olá, como vocês estão? Eu deveria estar estudando, mas a inspiração pra esse post bateu forte.

Hoje tivemos uns comebacks (eu pretendia comentar primeiro aquele hino que a BoA soltou, inclusive, mas já que estamos sem o mv no canal oficial….), incluindo o solo da Jinsoul, que ao menos pra mim, estava parecendo bem promissora depois que a Kim Lip chegou revirando as coisas tudo no projeto. E bem, eu estava certo, confiram ai, Singing In The Rain:

Continuar lendo

‘Age Gag’ e ‘Yes I Am’ são bacaninhas e só, mas levando em conta quem as antecede, está mais que bom pro comeback do Mamamoo.

Olá, como vocês estão?

E quinta teve comeback do Mamamoo, mas só acabei comentando hoje, perdão. Eu curto bastante elas (curtia mais antes, mas ainda gosto), e após Decalcomanie, eu fiquei levemente curioso pra saber o caminho que elas seguiriam e tal. Bem, tivemos 2 mvs, confiram ai, primeiramente, Age Gag:

Continuar lendo

REVIEW: DAY6 – SUNRISE

Olá, como vocês estão?

E hoje eu trago mais uma review, que eu acabei adiando mais do que pretendia, a do Sunrise, 1° LP do Day6. No começo do ano, eu fiquei bem animado com o projeto de singles mensais deles (mesmo que eu já tenha vivido 2 casos onde a coisa começa a desandar, vocês provavelmente devem saber quais são esses 2 casos por provavelmente terem se decepcionado com eles também, então não irei dizer), pois parecia promissor e acho que seria uma ótima oportunidade pra eu conhecê-los melhor. Bem, a coisa começou bem com I Wait, desandou naquela de fevereiro, voltou aos trilhos com How Can I Say e… e bem, depois eu meio que parei de acompanhar, só vendo o link do mv por ai e esquecendo de ouvir. E então a JYP resolveu lançar um LP, misturando as músicas já lançadas + inéditas.

E ao mesmo tempo em que isso é bom, pois assim trás conteúdo novo e reserva mais singles pra serem lançados até o fim do ano (ao invés de lançar single mensal e em dezembro lançar um LP que é uma compilação de tudo), isso pode ser ruim, pois continuar com singles depois do LP pode significar que as bsides inéditas dele sejam bem qualquer coisa.

Eu não sou muito chegado em Day6, eles são aquele grupo (banda, no caso) que eu fico “opa, curti essa música ai” e só, mas gosto de uns integrantes pelo o que vejo deles por ai, mesmo que não seja algo que me prenda a ponto de stanear e tal. Rock não é lá meu gênero musical favorito, mas o kpop tem o poder de me fazer gostar dessas coisas (eu não gosto de rap, principalmente de homem, mas o kpop me faz gostar, mesma coisa com EDMzão, R&B e PR&B, e etc), e eles são mais um ato que se encaixa nessa regra.

E bem, Sunrise é basicamente um álbum de rock, mas será que ele presta ou soa como se fosse a mesma faixa por 50 minutos? Vamos ver ai:

Ouçam pelo Youtube:

-x-

Continuar lendo

Comentando o Top 11 do Produce 101 Season 2 + as duas performances de forma nem tão competente assim.

(esse post tem rasgação de seda pra caramba)

Olá, como vocês estão?

E então, quase 1 semana depois, eu finalmente fiz o post comentando sobre a final do Produce 101 s2, cujo eu ainda não assisti até o fim mas já sei tudo o que aconteceu.

Como eu quero ser misterioso, vou comentar primeiro as performances, começando pela que eu mais tava ansioso (por causa dos faves, não pela música), a de Hands On Me, confiram ai:

Continuar lendo