Sonatine é mais “Love” do que “Evil”, mas é uma faixa legal pro repackage aleatório do LOOΠΔ 1/3.

Olá, como vocês estão?

E aleatoriamente, nessa semana, saíram uns teasers de que a sub unit do LOOΠΔ teria um repackage do mini álbum de debut delas. Foi meio aleatório, mas isso é sinal de que tão tentando fazer mesmo essas meninas acontecerem. Enfim, confiram ai, Sonatine (não faço ideia do que significa mas adorei o nome):

De acordo com os teasers, eu esperava algo mais dark, melancólico e dramático. Bem, a parte do melancólico e do dramático tá aqui, mas senti falta do dark (afinal, tanto a estética dos teasers quanto pelo nome Love & Evil pro repackage davam a entender que viria algo diferente). Porém, isso não impede a faixa de ser adorável.

Sonatine é uma midtempo bem teatral e dramática, que cumpre bem a sua proposta. Tenho minhas duvidas se a faixa foi uma boa escolha pra title, mas de qualquer forma, ela é bem legal. O instrumental orquestral é ótimo, e parece que a cada vez mais ele ganha elementos, deixando o refrão bem rico e não fazendo com que ele seja monótono (afinal, a faixa é bem linear, e além daquele tango que vem e volta rapidinho depois do primeiro refrão, não tem alguma key-change ou algo do tipo, então, é terreno fácil pra ficar chata, mas felizmente não aconteceu).

giphy12

Bem, como papel de sub-unit, Love & Live cumpria bastante o papel por apresentar uma sonoridade ainda não usada em nada relacionado ao projeto. Mas aqui isso não ocorre tanto, já que temos Let Me In, da Haseul, e Fairy Tale, do mini original, com uma sonoridade similar. Mas tirando isso, tá bacana.

E com esse mv, acabei percebendo uma coisa, que não sei se é coincidência ou se é proposital: os clipes em grupo (I’ll Be There, The Carol, My Sunday/My Melody e Love & Live) se passam em cenários urbanos, geralmente em ruas, em sacadas, etc. E os solos (Vivid, Around You, Let Me In, Kiss Later e Everyday I Love You), em lugares mais “únicos”, como o clipe na caixa de Vivid, o com estética noventista numa pista de patinação de Everyday I Love You, e por ai vai. Se é proposital ou não, já não sei, mas até que fez sentido na minha mente.

giphy13

E falando em clipe, o de Sonatine não é lá um dos mais interessantes, sendo basicamente elas olhando pra algum lugar e pra câmera intercalado com cenas de dança. Nada impressionante ou que dê uma força a mais pra faixa.

No mais, até que foi um lançamento interessante. Eu não costumo curtir tanto esse tipo de faixa, então até que me surpreendi com o fato de eu ter curtido, mas a vida é assim, né?

E vocês, o que acharam de Sonatine?

Ainda hoje tem review do Palette. Apenas aguardem.

Não se esqueçam de curtir a página do blog, e se gostou do post, divulgue ❤

Anúncios

6 comentários sobre “Sonatine é mais “Love” do que “Evil”, mas é uma faixa legal pro repackage aleatório do LOOΠΔ 1/3.

  1. Crazy Dog disse:

    Gostei muito disso, é só colocar instrumentos orquestrais numa faixa de kpop q eu viro stan na hora. O mais impressionante é q Sonatine tinha tudo pra ser uma baladinha chata e graças aos elementos q vão aparecendo conforme a faixa vai avançando deixa tudo acima da média pra mim, e aquele pequeno tango foi ótimo, pena q passou rápido.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s