As 10 melhores faixas de Janeiro/2017

Olá, como estão?

Após um mês de pausa por causa do top anual, o top mensal do blog está de volta, mas com duas mudanças. Antes de começar, obviamente direi o que mudou:

  1. As faixas não estão mais ordenadas em ranking, e sim numa ordem aleatória
  2. Achei que 20 era um número muito grande pra algo mensal e decidi cortar pra 10, assim não enchia de músicas menos boas só pra preencher e nem saturava o blog com posts assim.

E então, vamos? Com vocês, as melhores faixas de janeiro:

Ravi – Do The Dance

real1ze

Então, não sei se Do The Dance deveria estar aqui, visto que a faixa já fazia parte da mixtape do Ravi lançada ano passado. Porém, já que ela faz parte de seu mini álbum desse ano, decidi incluí-la. Gosto de Bomb, mas acho que o single ideal seria isso aqui, já que ambas tem o mesmo clima e uma estrutura parecida. Energética e cheia de sintetizadores, Do The Dance é provavelmente a melhor faixa do R.EAL1ZE. Ouça aqui

-x-

LOOΠΔ (Yeojin) – Kiss Later

2017011609190480367_1

Infelizmente o comeback de janeiro do LOOΠΔ não foi lá tão aproveitável musicalmente, mas o solo de Yeojin, a garota do mês, consegue compensar. Kiss Later é um pop-R&B com elementos de doo woop bem bonitinho que combina muito bem com ela. O duplo refrão grudento é outro destaque da faixa. O mv também é bem legal, fazendo toda a analogia de princesas, sapos e beijos e ficando algo coeso com a música e com a idade dela.

-x-

Day6 – I Wait

i-wait

Day6 lançará singles mensais até o fim do ano, e já começou muito bem. I Wait é basicamente uma faixa de banda de jrock, com rock misturado com sintetizadores levemente eletrônicos. Os vocais chorosos e harmônicos, a bridge e os versos marcantes, tudo soa como algo que serviria de opening de anime shonen. Daqui 2 dias sai o próximo single deles, e espero que seja tão bom quanto esse aqui.

-x-

Akdong Musicians – Chocolady

winter

O Winter tem muitas bsides legais (tem review, vão lá ver), e apesar de ter gostado muito de Reality, Chocolady acabou me conquistando atrasadamente, e ela não poderia ser mais AKMU. A estrutura mais jazzística com guitarras e pianos da faixa é bem legal, o refrão é ótimo e a bridge idem. Ainda acho que poderia ter sido o single no lugar de Last Goodbye, mas enfim, não adianta chorar pela bside ignorara. Ouçam aqui.

-x-

DreamCatcher – Chase Me 

nightmare

Provavelmente um dos debuts mais aguardados desse ano, DreamCatcher veio totalmente ao contrário do caminho que os novos girlgroups andam seguindo, usando um rock-emulador-de-opening-de-anime (se essa for a nova tendência sonora do kpop eu não me incomodaria muito não, hein). Chase Me tem toda uma áurea dark sonoramente falando, e juntando com o clipe, fica tudo melhor.

-x-

Seohyun – Don’t Say No

nao-diga-nao

O eminente debut solo de Seohyun (ou vocês acham que os dois T’s iriam debutar solo mas o S não?) aconteceu e ele não poderia ser melhor. Don’t Say No é um pop R&B que se assemelha ao que Mariah Carey/Ariana Grande lançava nos anos 2000/2013. O piano + estalos na backtrack é ótimo e dá força pro refrão, que é bem forte. Entre os debuts solos das soshis, é o meu favorito até agora.

-x-

AOA – Bing Bing

angels-knock

E o tão esperado LP do AOA saiu no primeiro dia do ano, com um double a-side. No  post do comeback eu disse que Bing Bing era a mais fraca, mas eu ter enjoado de Excuse Me + Bing Bing ter crescido pra mim fez com que a faixa tomasse o lugar de sua colega de a-side. Bing Bing é simplesmente AOA sendo AOA, e, pelo menos comigo, essa fórmula de intro da Jimin + versos marcantes + pré refrão crescente + refrão grudento + hey a cada 2 segundos sempre funcionou, então, eu não poderia ter saído mais satisfeito.

-x-

CLC – Hobgoblin

10031738_org-e1484582967432

CLC fez seu comeback totalmente repaginado, e deu super certo. Hobgoblin (eu ainda não faço ideia do que isso significa) é justamente o que eu espero (e quero) de um girlgroup girlcrush, um farofão hip-hop com pegadas de trap. Os versos são bons, o build-up melódico é bem marcante e o refrão grudento, Hobgoblin não tenta reinventar para parecer cool e arruaceiro ao mesmo tempo, é uma faixa simples que desce muito bem.

-x-

Hello Venus – Mysterious

cover9

Hello Venus mudou novamente o seu rumo, dessa vez para um sexy mais classudo, e eu só posso dizer que isso tá um hino. Mysterious é o melhor single delas até agora, provavelmente. Os assobios são grudentos, a estrutura da faixa funciona bem e tem bastante replay factor. O mv é também o melhor delas, sendo bem colorido e o que se espera de algo do kpop. Só espero que dessa vez a Fantagio MANTENHA o conceito delas ao invés de mudar de novo.

-x-

S.E.S – Paradise

15624962_186935021775163_3445855856468426752_n

Eu nunca havia ouvido S.E.S antes disso aqui, e posso dizer que foi uma experiência ótima. Paradise é um 90’s new jack swing sem tirar nem por, o que é bem legal se formos lembrar que era isso que elas lançaram quando estavam ativas. Alegre e jovial, Paradise não dá a mínima pros coreanos que, por algum motivo, acham que mulheres com mais de 30 anos não podem cantar coisas que não sejam ballads chatas enquanto estão sentadas num banquinho e vestindo um casaco. Foi legal da parte da SM apresentá-las assim e espero que isso seja cada vez mais constante no kpop.

-x-

E esse foi o top do mês. Quais as melhores faixas que janeiro entregou, na opinião de vocês? Alguma injustiçada?

Haviam coisas que eu gostaria de ter incluído, como o solo da Suzy e algumas bsides do CLC, mas acabei não conseguindo. E Rookie ficará pro top de fevereiro.

Não se esqueçam de curtir a página do blog, e se gostou do post, divulgue ❤

Anúncios

3 comentários sobre “As 10 melhores faixas de Janeiro/2017

  1. Igor Lunei (@igorlunei) disse:

    Interessantemente, também me apaixonei por “Reality”, mas acabei deixando de escutá-la com o tempo e trocando por “Chocolady”.

    Dessas ai, só discordo mesmo do troço que o Hello Venus lançou. Mil vezes elas sendo periguetes trashonas que essa versão menos interessante de Mamamoo que é “Mysterious”.

    Curtir

    • Igor Lunei (@igorlunei) disse:

      Só acrescentando uma coisa, que louco que já em janeiro saíram tantas músicas boas, tanto na Coreia, quanto no Japão. Se o resto do ano manter o nível, 2017 será o novo 2015/2011 do asian pop.

      Falo isso, pois eu totalmente me imagino colocando “I Wait”, “Excuse Me” (AOA), “Chase Me” e “Liar” (CLC) num top 10 de final de ano, além de colocar “Paradise”, “Chocolady” e “Don’t Say No” num top 25. O mês foi bom ASSIM.

      Curtir

      • Adriano disse:

        Eu também gosto do Hello Venus do farofão, mas curti Mysterious.

        Verdade. E geralmente janeiro é sempre um dos meses mais fracos pro kpop. Jpop eu ainda não acompanho como faço com kpop, mas tiveram umas faixas que ouvi e curti bastante (só não coloquei aqui porque essas foram o que predominaram meus fones)

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s