Top 80 de 2016 – Parte 4 (50-41)

Olá, povo. Estamos aqui com a parte 4 do top de 2016, sendo a última que postarei nessa semana. Analisei as faixas presentes aqui e acabei percebendo que muitas delas começaram a me agradar somente um bom tempo após serem lançadas, e no fim acabaram me viciando.

Enfim, chega de papo e vamos ao post. Com vocês, a parte 4 do top de 2016:

50 – Snuper – Platonic Love

platonic-love

Só fui me interessar por Snuper quando eles lançaram It’s Raining no mês passado, mas alguns meses antes eu já havia gostado muito de Platonic Lover, title do 2° mini álbum deles. É um 80’s new wave que evoca quase que impecavelmente a época em questão de sonoridade, com poucas tentativas de reinventar tudo. O estilo deles me agrada muito e eu espero de coração que o grupo siga nesse retrô sempre.

-x-

49 – BLACKPINK – Whistle

square-one

E após 4 anos cheios de promessas e adiamentos, finalmente o Pink Punk  BLACKPINK debutou, dividindo a base capopeira em duas: os que amaram e já viraram stans e os que odiaram e ficaram falando que elas eram uma cópia menos icônica do 2NE1. Mas de qualquer forma, elas surpreenderam todos nós vindo com um downtempo de hip hop ao invés de uma farofa (pelo menos por alguns minutos, até todos vermos o que era Boombayah). Tem um instrumental bem básico (no sentido de ter poucos elementos, não no sentido de ser ruim), chegando a ser praticamente minimalista, e versos e refrão igualmente simples. Foi a que mais gostei dentre o double-a side, então é a que ganha vaga na lista.

-x-

48 – B.A.P – Skydive

BAP_NOIR_ONLINE COVER_

Um dos comebacks desse ano que mais me deixou animado, sem duvidas. B.A.P é um dos meus faves e vê-los novamente no conceito que é praticamente sua assinatura me deixou bem feliz. E no fim, eu não poderia ter saído mais satisfeito: Skydive é o rock-hip hop característico deles, tem versos animadores até chegar no refrão agressivo que vicia. Os sintetizadores são bem pesados e caem bem com a faixa. Pra ilustrar, uma live, já que o clipe é longo demais. Me dói tanto vê-los em 5 😦

-x-

47 – Yezi – Cider

foresight-dream

Após sua cataclísmica participação no Unpretty Rapstar, eu só estava esperando um solo digno pra Yezi, e foi justamente o que recebi. Cider é um farofão contagiante, agressivo e que combina extremamente com o estilo de Yezi. Pra melhorar tudo, o shade em cima da Mnet no clipe e na letra é pesadíssimo (foquem nela jogando tinta num diamante praticamente idêntico ao do logo do UR). Infelizmente não foi o suficiente pra desflopar o Fiestar, mas foi mais que o suficiente pra provar que Yezi se sai muito bem como solista.

-x-

46 – I.O.I – Very Very Very

ioi

I.O.I (e o JYP) entregaram pra nós, como despedida das meninas na indústria, praticamente uma recriação da icônica Gee, do Girl’s Generation. Very Very Very mantém do começo ao fim a musiquinha de arcade em sua backtrack, sendo extremamente acelerada e bem grudenta, graças ao grupo repetindo “nomu nomu nomu” em 70% da faixa. Infelizmente foi o último single delas, mas fecharam muito bem.

-x-

45 – AOA – G00d Luck

good-luck

AOA largou Brave Brothers após praticamente 2 anos trabalhando com ele, e enquanto Good Luck não saía, todos estavam comemorando pelo fato de que elas parariam de ~lançar a mesma coisa~, pra chegar no fim e todo mundo quebrar a cara e dizer que não parecia AOA. Vocês são indecisos. Mas acontecimentos a parte, Good Luck é uma ótima farofa, com refrão chiclete e versos legais. Não tem Jimin repetindo “hey” a cada 2 segundos, mas ainda assim foi um single bem forte e com o melhor mini-álbum da carreira delas, até aqui. Uma pena que a era em si foi horrível, deu tudo errado pra elas, mas AOA segue firme e preparando seu primeiro full álbum pra destruir todos nós.

-x-

44 – Mamamoo – Decalcomanie

memoria

Acredito que Decalcomanie tenha sido uma agradável surpresa pra todos, já que após lançarem de pré-release 2 bombas e uma mediana, Mamamoo nos deixou apreensivos sobre como seria a title do comeback. E felizmente ela é o melhor single do grupo até agora. Os versos crescentes tem um clima mais elegante e broadwaytástico, mais ou menos como Piano Man, mas ai chega o refrão e ele é bem diferente do esperado,um pouco mais uptempo e cheio de pulso nos vocais. Foi a recalibrada de imagem que elas tavam precisando.

-x-

43 – Wonder Girls  – Sweet & Easy

why-so-lonely

Infelizmente o JYP só deu um single álbum pro Wonder Girls nesse ano, mas felizmente todas elas são boas. Dentre as duas bsides, o destaque vai pra Sweet & Easy, um funk-disco 70’s ótimo. O refrão é bem bom e nos faz sentir como se estivéssemos numa discoteca usando roupas brilhosas e duvidosamente escolhidas. Uma pena que foi censurada por conter a palavra Nutella no maravilhoso rap da Yubin (coisa que não entendi, já que Lotto e Red Light tem nomes de marca no meio da letra e eles simplesmente alteraram, em vez de banir), e por isso nunca teremos um stage. Mas os lives que elas fizeram nas rádios compensam tudo isso.

-x-

42 – Winner (Mino & Taehyun) – Pricked

exit-e

O pré-release não oficial do EXIT:E foi criminalmente negligenciado pela YG (e o que relacionado ao Winner que essa empresa não trata com descaso?), isso aqui merecia um mv bem sofrível e cheio de fanservice, tipo o da sub unit do VIXX, mas como não tivemos nem mesmo um live em rádio igual a nossa colega ai de cima, Pricked fica somente como a bside boa. E que bside, hein? É o tipo de ballad que quando chega no fim, sua única reação é dar play novamente. Pricked é positivamente contida em boa parte de sua execução, ficando somente no violão, até chegar no refrão final e aparecerem umas guitarras na backtrack que deixam ainda melhor o que já era uma faixa boa. Ouçam aqui

-x-

41 – Twice – Touchdown

page-two

Obrigado JYP, sua puta, por não disponibilizar um live inteiro de Touchdown e me fazer ter que pegar fancam. Mas enfim, desde o medley do Page Two, a faixa me chamou a atenção, e quando finalmente pude ouvi-la completa, era exatamente o que pensei: encarna o espírito de cheerleader mil vezes melhor que Cheer Up, pois ela de fato se assemelha a essas apresentações de líderes de torcida dando piruetas sincronizadas que vemos em filmes americanos que abordam escolaridade de alguma forma. Como eu já disse, não adianta chorar pela bside ignorada, mas que merecia pelo menos um mv de 10 reais (ao invés de essa caralhada de versão), merecia. Ainda assim, Touchdown diverte bastante, e o destaque vai pro pré-refrão bem catchy e grudento.

-x-

E essa foi a parte 4 do top 2016, agora faltam somente mais 4 até a música do ano. O que acham das faixas listadas aqui? Alguma injustiçada?

Não se esqueçam de curtir a página do blog, e se gostou do post, divulgue ❤

Anúncios

6 comentários sobre “Top 80 de 2016 – Parte 4 (50-41)

  1. Sowon Xiita disse:

    Platonic Love é minha faixa de boyband preferida de 2016, acho que até com uma certa vantagem (rodou cedo demais também, viu?)
    Mas o que me deixou mais triste nessa lista foi ver Skydive do B.A.P e relembrar como eles tão mortos e enterrados no K-game e muito provavelmente nunca mais vão conseguir vender decentemente na Coréia, mesmo que eu tenha começado a escutar o grupo pra valer mesmo só esse ano por panfletagem excessiva @_@
    Eu achei que faltou um refrão foda com a voz característica do Daehyun (tipo em One Shot), ou um rap/intro icônicos do Himchan (the loof, the loof, the loof in on fayah <3), sem falar que eu também achei o instrumental dela bem lugar comum, por esses e outros motivos eu tava escutando mais Killer mesmo, apesar de Skydive ser um bom comeback e tals…

    Curtir

    • Adriano disse:

      Sim, o hiato deles por causa do processo em cima da TS ferrou muito com a carreira, eles foram do status de fama média pro de grupo flopado mas que todo mundo conhece de um dia pro outro, praticamente. Mas acho que minhas esperanças não acabam enquanto eles continuarem ganhando prêmio ou realizando feitos (por exemplo, o Noir pegou #1 em vários países no iTunes de kpop)
      Ah, isso é verdade. Skydive é boa mas se for comparar com alguns singles passados deles acaba ficando meio fraquinha mesmo.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s